Vina News


 
 

FILME TEMPOS DE PAZ

http://depositfiles.com/pt/files/3su5g07v3

Baseado na obra Novas Diretrizes em Tempos de Paz de Bosco Brasil...



Categoria: Link
Escrito por vinicius prestes às 14h04
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
 

Os livro - a polêmica do MEC

http://marcosbagno.com.br/site/?page_id=745

Texto do excelente Marcos Bagno - Linguista da UnB



Categoria: Link
Escrito por vinicius prestes às 14h30
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
 

A polêmica fala - os livro

http://terramagazine.terra.com.br/interna/0,,OI5137669-EI8425,00-Aceitam+tudo.html

texto de Sírio Possenti esclarecedor



Categoria: Link
Escrito por vinicius prestes às 15h23
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Filme - Gregório de Mattos

parte 1: http://www.megaupload.com/?d=NZF24G7Q

parte 2: http://www.megaupload.com/?d=PK78U290



Escrito por vinicius prestes às 00h47
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
 

Tiros em Columbine

http://www.megaupload.com/?d=Z89BQOYA

Dica do @lattespadawan via twitter



Categoria: Link
Escrito por vinicius prestes às 17h09
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
 

UOL transmite ao vivo show do Restart e CW7 no Credicard Hall neste domingo em SP

http://musica.uol.com.br/ultnot/2011/04/15/uol-transmite-ao-vivo-show-do-restart-e-cw7-em-sp-neste-domingo.jhtm

NÃO, OBRIGADO!!!!



Categoria: Link
Escrito por vinicius prestes às 12h12
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




TEXTO

O Império da Vaidade 

Paulo Moreira Leite

Você sabe por que a televisão, a publicidade, o cinema e os jornais defendem os músculos torneados, as vitaminas milagrosas, as modelos longilíneas e as academias de ginástica? Porque tudo isso dá dinheiro. Sabe por que ninguém fala do afeto e do respeito entre duas pessoas comuns, mesmo meio gordas, um pouco feias, que fazem piquenique na praia? Porque isso não dá dinheiro para os negociantes, mas dá prazer para os participantes.

O prazer é físico, independentemente do físico que se tenha: namorar, tomar "milk-shake", sentir o sol na pele, carregar o filho no colo, andar descalço, ficar em casa sem fazer nada. Os melhores prazeres são de graça - a conversa com o amigo, o cheiro do jasmim, a rua vazia de madrugada -, e a humanidade sempre gostou de conviver com eles. Comer uma feijoada com amigos, tomar caipirinha no sábado é também uma grande pedida. Ter um momento de prazer é compensar muitos momentos de desprazer. Relaxar, descansar, despreocupar-se, desligar-se da competição, da áspera luta pela vida - isso é prazer.

Mas vivemos num mundo onde relaxar e desligar-se se tornou um problema. O prazer gratuito, espontâneo está cada vez mais difícil. O que importa, o que vale, é o prazer que se compra e se exibe, o que não deixa de ser um aspecto da competição. Estamos submetidos a uma cultura atroz, que quer nos fazer infelizes, ansiosos, neuróticos. As filhas precisam ser Xuxas, as namoradas precisam ser modelos que desfilam em Paris, os homens não podem assumir sua idade.

Não vivemos a ditadura do corpo, mas seu contrário: um massacre da indústria e do comércio. Querem que sintamos culpa quando nossa silhueta fica um pouco mais gorda, não porque querem que sejamos mais saudáveis - mas porque, se não ficarmos angustiados, não faremos mais regimes, não compraremos mais produtos dietéticos, nem produtos de beleza, nem roupas e mais roupas. Precisam de nossa impotência, da nossa inse gurança, da nossa angústia.

O único valor coerente que essa cultura apresenta é o narcisismo. Vivemos voltados para dentro, à procura de mundos interiores (ou mesmo vidas anteriores). O esoterismo não acaba nunca - só muda de papa a cada Bienal do Livro -, assim como os cursos de autoconhecimento, auto-realização e, especialmente, autopromoção. O narcisismo explica nossa ânsia pela fama e pela posição social. É hipocrisia dizer que entramos numa academia de ginástica porque estamos preocupados com a saúde. Se fosse assim, já teríamos arrumado uma solução para questões mais graves, como a poluição que arrebenta os pulmões, o barulho das grandes cidades, a falta de saneamento.

Estamos preocupados em marcar a diferença, em afirmar uma hierarquia social, em ser distintos da massa. O cidadão que passa o dia à frente do espelho, medindo o bíceps e comparando o tórax com o do vizinho do lado, é uma pessoa movida por uma necessidade desesperada - precisa ser admirado para conseguir gostar de si próprio. A mulher que fez da luta contra os cabelos brancos e as rugas seu maior projeto de vida tornou-se a vítima preferencial de um massacre perpetrado pela indústria de cosméticos. Como foi demonstrado pela feminista americana Naomi Wolf, o segredo da indústria da boa forma é que as pessoas nunca ficam em boa forma: os métodos de rejuvenescimento não impedem o envelhecimento, 90% das pessoas que fazem regime voltam a engordar, e assim por diante. O que se vende não é um sonho, mas um fracasso, uma angústia, uma derrota.

Estamos atrás de uma beleza frenética, de um padrão externo, fabricado, que não é neutro nem inocente. Ao longo dos séculos, a beleza sempre esteve associada ao ócio. As mulheres do Renascimento tinham aquelas formas porque isso mostrava que elas não trabalhavam. As belas personagens femininas do romantismo brasileiro sempre tinham a pele branca, alabastrina -, qualquer tom mais moreno, como se sabe, já significava escravidão e trabalho. Beleza é luta de classes. Estamos na fase da beleza ostentatória, que faz questão de mostrar o dinheiro, o tempo livre para passar tardes em academias e mostra, afinal, quem nós somos: bonitos, ricos e dignos de ser admirados.



Escrito por vinicius prestes às 01h10
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
 

aquele de filosofia

http://www.megaupload.com/?d=SA2IGWGM

boa leitura



Categoria: Link
Escrito por vinicius prestes às 21h25
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




g



Escrito por vinicius prestes às 15h15
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




asa



Escrito por vinicius prestes às 15h14
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




dorgas manolo



Escrito por vinicius prestes às 17h25
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




paradoxo beeeemmmmm atual

praca

 

Para ver todas, acesse:

http://kibeloco.com.br/platb/kibeloco/2011/03/31/pracas-do-braziu-partes-801-a-820/



Escrito por vinicius prestes às 17h15
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




cu não leva acento

acento



Escrito por vinicius prestes às 17h13
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Brasil e brasileiros

obama



Escrito por vinicius prestes às 17h12
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Voltando

Depois de algum tempo sem postar, volto aos trabalhos internéticos.



Escrito por vinicius prestes às 17h09
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


 



Meu perfil
BRASIL, Sul, CURITIBA, CENTRO, Homem, de 26 a 35 anos, Livros, Cinema e vídeo
AIM -
Histórico
Categorias
  Todas as Categorias
  Link
  Citação
Outros sites
  Folha de S. Paulo
  Aprendiz
  Site do Dimenstein
  blog do Prof. Hebert Sato - Química/Montanhismo
  bandnews rádio de notícias
  Introdução à Língua e Cultura Nórdica Antiga
  Curso Domínio - cursos preparatórios para o ENEM, UFPR e vários outros vestibulares do Brasil, além da preparação para o concurso da Escola de Sargento das Armas (EsSA) e da Escola de Especialistas de
Votação
  Dê uma nota para meu blog



O que é isto?